Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

dez segundos

uma mulher, sempre à procura de se melhorar, com algumas coisas para dar e muito para receber.

dez segundos

uma mulher, sempre à procura de se melhorar, com algumas coisas para dar e muito para receber.

28
Fev17

misofonia

miss queer

sou particularmente sensível aos sons das pessoas a comerem e a beberem. mastigarem de boca aberta, sorverem... é coisa para me deixar todo o dia de mau humor.

e pessoas a chuparem rebuçados, que teimam em abrir a boca dezenas de vezes (não, não estão constipados), em fazer «estalinhos» com a língua? mas pessoas que nem estão com nenhum rebuçado, que fazem esses mesmos estalinhos, nem se fala!

tudo isto são coisas que me deixam irritadíssima.

há quem diga que são as pessoas mais criativas que são tão sensíveis a estes sons, outros afirmam que são os génios... eu cá não sei. mas que me irritam, irritam!

 

 

24
Fev17

desejos

miss queer

n-ã-o g-o-s-t-o d-e p-ã-o! sim, leram bem, não gosto de pão.

ao longo da minha já longa vida (vá, vá, é curta!), sempre comi pão obrigada. bem, exceto nas migas.

para terem uma ideia, já não como pão há mais de uma semana.

mas agora veio um cheiro a torradas delicioso.  e eu sem pão.

será que se for pedir ao vizinho, ele me dá uma torradinha?

24
Fev17

a minha apresentação

miss queer

parece-me justo que hoje me apresente eu.

em primeiro lugar, obrigada a todos os que me enviaram as suas apresentações!

em segundo, o que me levou a escrever aquele post foi o ter ido encontrar-me com uma pessoa e as únicas coisas que sabia eram: «sou alto e estou de fato cinzento.» fazem ideia da quantidade de homens que vi de fato cinzento?! e, sem querer baixar-lhe a autoestima, tinha tipo mais dois centímetros do que eu. não era alto...

mas vamos lá à minha apresentação...

 

ao longe irás reparar no cabelo curto, grande em cima, curto em baixo. na roupa; o estilo já conheces. a cor não importa. há tantas pessoas com roupa de cor igual a passar por aí! deves ver também a mochila cinzenta. as duas alças nos ombros.

estarei com o telemóvel na mão esquerda. a outra mão estará no bolso ou a mexer no cabelo.

à medida que te aproximas vai parecer que estou a falar sozinha. não estou. estou a cantarolar uma música qualquer (pararei mal te vir). com um sorriso pelos pensamentos ou pela música. ou pelos gestos da pessoa que estou a observar. distraída.

verás duas argolas na orelha esquerda e um piercing. uma pena em metal na orelha direita. olhos verdes e castanhos, claros. uma cicatriz na testa. um sinal no lábio, clarinho. claro que só verás isso quando estiveres em frente a mim.

 

conseguirias identificar-me?

Pág. 1/4