Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

dez segundos

uma mulher, sempre à procura de se melhorar, com algumas coisas para dar e muito para receber.

dez segundos

uma mulher, sempre à procura de se melhorar, com algumas coisas para dar e muito para receber.

13
Jul17

bronze

miss queer

a minha escolha de calçado para estes dias têm sido paez. e não tenho apanhado muito sol, mas o certo é que já tenho os pés um bocadinho morenos. ou melhor dizendo, estão metade morenos e metade brancos! tenho a marca das paez! 😒 a uma semana do casamento...

12
Jul17

nanismo

miss queer

contexto: a minha mãe estava a contar-me o caso de uma senhora que foi ao programa da Fátima Lopes relatar a história do neto com nanismo.

mas a senhora dizia que o neto tinha ananismo. se dissesse nanismo já não podia dizer que ele era nanão.

 

claro que rimos durante não sei quanto tempo à conta do nanão!

já sabem a quem saio tão tonta, certo?

 

nota: entre isto e a senhora que encontrámos no hospital e que dizia que os médicos pensavam que o filho era mofílico, não sei qual a melhor!

 

11
Jul17

como é que ages quando o teu filho faz uma birra?

miss queer

outro dia uma amiga da minha prima (de outra prima!) disse que quando a filha faz birra, lhe diz que...

 

convém manter um bocadinho o suspense...

 

... diz à filha que não é mãe dela!

imaginem, a filha começa uma birra e ela age como se fosse a ama, uma tia... a menina fica tão confusa e em choque, que para (ler pára) a birra.  diz-lhe mesmo «quando chegar a casa vou dizer à tua mãe!». e diz a quem as rodeia que a vida de ama não é fácil, ou que já não estava há muito tempo com a sobrinha, daí ela reagir assim...

claro que depois começa a cena «como assim não és minha mãe?». mas isso depois é resolvido em casa.

 

a minha prima, cuja filha ainda não chegou a esta fase, achou a ideia genial!

 

eu confesso que, apesar de me rir a imaginar a cena... não sei se fará bem à criança!

10
Jul17

quem és tu, Vanessa?

miss queer

a minha prima (uma das) está internada.

uma das enfermeiras perguntou-lhe se é da minha família e pediu-lhe que me enviasse um beijinho, pois andou comigo em enfermagem e estivemos juntas em estágios. muito fofinha, não é?

o problema é... não faço a mínima ideia de quem é! já corri as fotografias, já corri a minha memória sobre as pessoas que estagiaram comigo e as meninas constituintes da minha turma e não faço a menor ideia de quem possa ser esta tal Vanessa, que até reconhece a minha prima (que nada tem que ver comigo).

memória, memória, como me podes falhar assim?!

07
Jul17

a quem é que o dirias?

miss queer

É que, f*****, tu mereces mais, não? Com certeza não vieste ao mundo para seres uma mártir, certo?! O milagre da vida não te pôs aqui e agora para seres uma kalimero que, por se achar pouco merecedora, se submete a situações que tanto stresse e sofrimento te trazem, não achas?

Francisca Guimarães (Miss Kale), Escuta o teu corpo

 

isto poderia ter sido dito por mim. noutro contexto e com objetivos diferentes dos da autora, mas há pelo menos duas pessoas a quem isto cabe na perfeição!

06
Jul17

boa educação

miss queer

num destes dias em que estive com a mana no HSM, fui uma vez ao carro para prolongar o parquímetro.

ao passar por trás da paragem do autocarro, pedi licença a um rapaz que me estava a impedir a passagem.

o surpreendente foi que o rapaz me pediu desculpa!

não, definitivamente já não estou habituada a que isso aconteça. pedir licença, pedir desculpa e agradecer são coisas tão raras hoje em dia, que até já é estranho quando alguém o faz.