Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

dez segundos

uma mulher, sempre à procura de se melhorar, com algumas coisas para dar e muito para receber.

dez segundos

uma mulher, sempre à procura de se melhorar, com algumas coisas para dar e muito para receber.

31
Ago17

cheguei, mas...

miss queer

... ao contrário do que esperava, tenho andado com os minutos contados.

o centro ainda não (re)abriu e já recebi emails dos pais a pedir explicações! entre outros trabalhos que me têm deixado sem tempo, o tempo para vir aqui não tem sido nenhum.

mas falemos das minhas férias... foram apenas uma mudança de ambiente, semanas em que pude desfrutar da companhia de pessoas com quem estou menos ao longo do ano. já que tenho costelas alentejanas, dediquei-me ao descanso - o próximo ano vai ser duro, muito duro!

pelo meio, o senhor meu pai teve A consulta. aquela em que, finalmente, a médica decidiu fazer-lhe testes para confirmar se o raciocínio está mais lento, se está com a memória alterada... no final, disse-lhe que caso não começasse a ler livros, a fazer palavras cruzadas, sudoku, a fazer algo para manter o cérebro mais ativo, os comprimidos que lhe receitou de nada serviriam, a demência iria progredir rapidamente e iria ficar «cheché».

não, ainda não pegou em nenhum livro. e o livro de palavras cruzadas que lhe comprei - e que ele fazia facilmente há um tempo - tem três páginas iniciadas e não consegue fazer mais. mas aceitou a medicação.

é pena que a médica não nos tenha dado ouvidos quando os primeiros sinais surgiram. agora é esperar que os comprimidos façam algum efeito. e que ele tenha iniciativa para fazer alguma coisa por si. sobretudo isso.

16 comentários

Comentar post