Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

dez segundos

uma mulher, sempre à procura de se melhorar, com algumas coisas para dar e muito para receber.

dez segundos

uma mulher, sempre à procura de se melhorar, com algumas coisas para dar e muito para receber.

02
Jun17

os meus meninos - o balanço

miss queer

chegámos ao fim.

como podem ver, quase todos os meus alunos são de classe média-alta. mas isso não significa nada. são a prova de que o dinheiro ou o andarem num colégio não é sinónimo de mais felicidade, de maior autoestima, de mais amor.

quase todos os meus meninos têm mais de 1h de explicação por semana comigo. fora a explicação, muitos deles passam as tardes em sala de estudo. o que não significa que estejam a estudar. são obrigados a passar lá o tempo livre, apesar de já terem idade e capacidade de estarem sozinhos em casa. muitas vezes ficam até às 19h ou até mais tarde.

vivem quase todos perto do centro, há ali um parque, mas estes pais não vão com os filhos brincar para lá. nem mesmo aos fins de semana.

em comum a quase todos, há o pouco acompanhamento em casa. sim, raros são os pais que estudam com os filhos. também há os que exigem tanto - sem, no entanto, os ajudarem - que acaba por ter o efeito oposto.

o que é feito dos pais que ajudam os filhos, que os apoiam, que os ajudam a alcançar os seus objetivos? quando é que foram substituídos por estes seres, cujo objetivo parece ser o de impedir os filhos de chegarem mais longe? quando é que os pais desistiram dos filhos? quando é que se desresponsabilizaram da tarefa de os educar? sim, sei que não são todos assim, sei que vocês que me leem são bons pais... não querem ensinar alguma coisa aos pais dos meus meninos?

 

não posso deixar de vos agradecer os comentários e o carinho que me transmitiram ao longo destes dias. muito, muito obrigada.

mas tenho de agradecer a algumas pessoas em particular: fashion, P.A., a mãe dos PP's, Maria, Chic'Ana, A Desconhecida, HD, Kalila, Melhor Amiga Procura-se; obrigada! (se me esqueci de alguém, desculpa! manifesta-te!)

a fashion e o P.A enviaram-me uns emails tão fofinhos sobre os meus meninos, que uma pessoa até fica a sentir sentimentos fofinhos e queridos por eles! (pela fashion já sinto há muito tempo, não é de agora, há que dizê-lo.)

 

21 comentários

Comentar post